Maluf denuncia promotores por abuso de poder

O advogado criminalista de Paulo Maluf, José Roberto Leal, protocolou hoje, no Tribunal de Justiça de São Paulo, uma representação contra os promotores Marcelo Mendroni e Silvio Marques, que investigam supostos depósitos do ex-prefeito no paraíso fiscal da Ilha de Jersey, no Canal da Mancha. O advogado acusa os promotores de abuso de autoridade e de violação do sigilo bancário e telefônico de Maluf. "Os promotores concederam entrevistas para vários jornais, entre eles O Estado de S. Paulo, e revelaram detalhes que estão dentro de processo que corre sob sigilo de Justiça", afirma o advogado. Leal diz que estão protocoladas na representação reportagens que mostram que os promotores revelaram valores e detalhes sobre telefonemas, envolvendo as supostas contas de Maluf no exterior. Os promotores não foram encontrados pela reportagem para falar sobre a acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.