Maluf critica gastos públicos nas TVs

O ex-prefeito de São Paulo falou, durante entrevista no auditório do Grupo Estado, que, na verdade, não ataca os outros candidatos, apenas reproduz o que lê nos jornais. Um dos exemplos citados por ele foi a notícia de que a Rede Globo de Televisão estaria recebendo R$ 1 milhão por dia do governo do Estado de São Paulo, o que caracteriza uso indevido do dinheiro público. Ao mesmo tempo, ironizou as alianças políticas de seus principais adversários. "Eu estou fazendo minha campanha através dos debates, nas carreatas, nos programas de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV e não tenho nenhum partido que se coligou comigo porque me neguei a fazer esse tipo de jogo", frisou. "Agora, o Serra foi pegar o braço direito do Pitta e a Marta foi buscar a tropa de choque do Collor com o Roberto Jéfferson".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.