Majella será um dos presidentes da conferência de Aparecida

O cardeal Geraldo Majella Agnelo, arcebispo de Salvador (BA) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) será um dos três presidentes da da 5.ª Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe, que se reunirá em Aparecida (SP), de 13 a 31 de maio do próximo ano.Ele foi nomeado nesta terça-feira pelo papa Bento XVI, que indicou mais dois presidentes - o prefeito da Congregação para os Bispos, cardeal Giovanni Battista Re, e o presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), cardeal Francisco Javier Errázuriz, Ossa, arcebispo de Santiago (Chile).Para a função de secretário-geral da conferência, o papa nomeou d. Andrés Stanovnik, bispo de Reconquista (Argentina) e secretário do Celam. O secretário-geral da CNBB, d. Odilo Scherer, bispo auxiliar de São Paulo, será o secretário adjunto. O tema da conferência de Aparecida, que será inaugurada pelo papa, será "Discípulos e missionários de Jesus Cristo, para que nossos povos nele tenham vida". Cerca de 300 bispos do continente participarão da reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.