Mais um sem-terra é morto em Pernambuco

Um integrante do Movimento dos Sem-Terra (MST) de apenas 17 anos foi morto hoje de manhã no distrito de Tupaóca, em Pernambuco. Segundo o delegado Carlos Veloso, do município de Aliança, a 81 quilômetros de Recife e a 18 quilômetros de Tupaóca, Jorge Souza da Silva vivia em um acampamento do MST e apresentava marcas de golpes de faca no pescoço. Agentes da delegacia investigam se a morte ocorreu durante uma briga entre os sem-terra. O delegado aguarda a chegada da mãe da vítima ao local para ouvir o depoimento dela. Os agentes trarão o corpo do rapaz. Este é o segundo caso de assassinato no estado num período de uma semana. Na madrugada da última segunda-feira, o presidente do assentamento Mascatinho, no litoral sul do estado, João Cândido da Silva, de 58 anos, foi baleado por dois jovens expulsos do acampamento por tentarem vender uma parcela do terreno cuja propriedade é da União.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.