Mais um candidato cassado por ter ido a inauguração

Já são cinco os candidatos a prefeito em cidades do interior de São Paulo que tiveram as candidaturas cassadas por terem comparecido à mesma inauguração: as obras de duplicação da rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127), entre Tietê e Cerquilho, inauguradas dia 17 de julho pelo governador Geraldo Alckmin. Nesta quarta-feira, a juíza eleitoral de Boituva, Ana Cristina Paz Neri, cassou o registro do candidato do PSDB à prefeitura do município, Wagner Baggio Filho, por ter comparecido à solenidade. O fato não tem precedentes na história política recente de São Paulo.Entre os cassados, estão candidatos que não integram o partido do governador mas que, no entendimento da justiça, tiraram proveito da inauguração. É o caso do prefeito de Tietê, José Carlos Melaré (PTB), candidato à reeleição. Pelo mesmo motivo, foram cassados três candidatos à prefeitura de Cerquilho, o atual prefeito Aldomir Sanson (PTB), José Machado (PL) e Antonio Del Bem Júnior (PSDB). Os dois primeiros aguardam o julgamento dos recursos. O PSDB trocou o candidato. Outro candidato de Boituva, Isaltino Olímpio Gomes (PFL) também teve a candidatura suspensa, mas por ter participado da inauguração de uma quadra de bocha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.