Mais duas fazendas são invadidas em Pernambuco

Mais duas fazendas foram ocupadas hoje trabalhadores ligados à Organização da Luta no Campo (OLC), aumentando para 15 o número de invasões promovidas pelo movimento, desde o início de abril, dentro da jornada ?Terra, Vida e Liberdade?, que visa a pressionar por mais rapidez na execução da reforma agrária em Pernambuco. Até o final de maio, a OLC pretende chegar a 40 ocupações, mobilizando quatro mil famílias. Também hoje, em Petrolina, no sertão do São Francisco, cerca de 200 sem-terra dos três acampamentos existentes no município ocuparam a sede da prefeitura durante três horas e meia - das 10 horas às 13h30. Eles desocuparam o local depois de conseguirem a promessa de entrega de cestas básicas pela prefeitura para os acampados da fazenda Boa Esperança. Esta área foi ocupada em primeiro de maio, e os agricultores ainda não estão cadastrados no Incra para receberem alimentação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.