Mais de um ano na Presidência

Vice José Alencar já tem 377 dias no exercício do cargo

Clarissa Oliveira, O Estadao de S.Paulo

23 de abril de 2009 | 00h00

Quem pensa que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está no comando do País há pouco mais de seis anos erra na conta. Por nada menos do que aproximadamente um ano, quem ocupou a cadeira de presidente da República foi o vice, José Alencar. Mais precisamente, o número de dias em que ele exerceu o cargo chegou a 377 no último final de semana, após a viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Trinidad e Tobago. Reflexo da agenda externa carregada mantida por Lula, o fato de Alencar ter passado tanto tempo no exercício do cargo está longe de ser desprezível. Ele já supera, por exemplo, os cerca de sete meses em que Jânio Quadros ocupou a cadeira de presidente, de janeiro a agosto de 1961. Desde que Lula chegou ao poder, Alencar só deixou de assumir quando de fato não havia meio de fazê-lo. Nem o câncer foi suficiente para tirá-lo de combate. Até de um quarto de hospital ele já despachou.Foi em janeiro de 2008, quando Lula viajou para Guatemala e Cuba. Internado, Alencar teve uma agenda movimentada no apartamento 1.106 do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Uma das audiências foi com a então titular do Turismo Marta Suplicy. "A sua determinação e capacidade de enfrentar as dificuldades de saúde, com astral tão elevado, é um exemplo para todos", conta Marta. "Com aquele sorriso, ele desarma qualquer interlocutor", emenda o presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP).Este ano, Alencar mal havia retornado ao trabalho após uma cirurgia de 17 horas para a remoção de novos tumores e já estava novamente na cadeira de presidente. Mas no último dia 7, no jantar de aniversário da primeira-dama Marisa Letícia, ele mostrou que nem uma operação dessa amplitude lhe tirou a energia. Quem foi à festa conta que ele dançou entusiasmado, ao som de hits disco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.