Mais de 5 milhões de crianças foram vacinadas hoje

Até o meio-dia, 5.013.731 crianças até cinco anos haviam sido vacinadas contra a poliomielite, conforme balanço parcial divulgado no final da tarde pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa). A meta era de 16.794.653. De acordo com o presidente da Funasa, Mauro Costa, a expectativa era de alcançar pelo menos 95% desse total. Os números finais somente serão conhecidos em setembro. A vacinação de hoje corresponde à segunda etapa da campanha. A primeira foi realizada em 9 de junho.Desta vez, a Funasa distribuiu pelos mais de 6 mil municípios do País cerca de 36,7 milhões de doses de vacinas. Destas, 27 milhões foram da vacina oral contra a pólio. O restante se refere a vacinas que formam o calendário básico de vacinação, como a tríplice (rubéola, sarampo e caxumba) e a contra o sarampo. Foram gastos R$ 46 milhões na campanha, dos quais R$ 34 milhões na aquisição de vacinas, R$ 6 milhões repassados para as secretarias estaduais de Saúde e R$ 6 milhões para publicidade.A vacina foi enviada a 131 mil postos, o que mobilizou cerca de 500 mil pessoas. Para a segunda etapa de vacinação, foram utilizados, de acordo com dados da Funasa, 40,2 mil veículos terrestes, 2,6 mil embarcações e sete aeronaves. A pólio foi erradicada do Brasil há 12 anos. O último caso aconteceu no município de Souza, no alto sertão paraibano, em 1989. Mesmo assim, Mauro Costa disse que é necessário vacinar todas as crianças. Afinal, a poliomielite ainda é comum em 30 países do mundo e, com o grande fluxo de vôos internacionais, o vírus pode ser reintroduzido no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.