Mais 3 Estados aderem ao Sistema Único de Segurança

Os Estados de Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí aderiram nesta quarta-feira ao Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Com essas adesões, já são oito os que integram o programa - também fazem parte Rio, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas e Santa Catarina.Em Maceió, o contrato foi assinado pelo governador Ronaldo Lessa (PSB), pelo ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, pelo secretário nacional da Segurança Pública, Luis Eduardo Soares, e pelo secretário estadual de Defesa Social, delegado Robervaldo Davino.Em Natal, a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria (PSB), também assinou o protocolo de adesão. Ela quer conseguir verba de R$ 16 milhões. "Se o dinheiro federal vier, poderemos investir, ao todo, R$ 30 milhões nesse setor."O secretário Soares defendeu a criação de Corregedorias-Gerais unificadas (Polícias Militar e Civil) nos Estados como forma de combate aos maus policiais. "Temos de diminuir a burocracia nas corregedorias e colocar investigadores autônomos nas ouvidorias, o que vai minar o corporativismo", sugeriu. O mesmo acordo também foi assinado pelo governo do Piauí.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.