Mais 19 deputados assinam CPI da Corrupção

Dezenove dos 23 deputados do bloco PL-PSL assinaram o requerimento de instalação da CPI da Corrupção. A decisão foi tomada após reunião da bancada à qual compareceram 20 deputados. Dos 18 deputados do PL (Partido Liberal), apenas o bispo Wanderval (SP), que está de licença médica, e o deputado Matos Nascimento (RJ), que está em viagem aos Estados Unidos, não assinaram o documento. Dos cinco deputados do PSL (Partido Social Liberal), apenas os deputados Valdeci Paiva e De Velasco (SP) se recusaram a assinar o requerimento. Com a decisão do bloco PL-PSL de aderir ao pedido de criação da CPI, acrescentaram-se, de fato, mais 13 assinaturas ao requerimento, uma vez que 6 deputados do bloco já o haviam assinado. O deputado Luiz Antonio de Medeiros (PL-SP) disse que a decisão foi tomada em conseqüência dos mais recentes acontecimentos envolvendo a violação do sigilo do painel eletrônico do Senado, e em função da revelação de novas denúncias de envolvimento do presidente do Senado, senador Jader Barbalho (PMDB-PA), em desvio de dinheiro público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.