Maior aprovação de Dilma ocorre no Nordeste

Índice na região passou de 80% em dezembro para 85% na última pesquisa

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

19 de março de 2013 | 12h37

O gerente executivo de pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato Fonseca, avaliou nesta terça-feira que a pesquisa realizada com o Ibope sobre o governo Dilma Rousseff uma expansão clara na aprovação do governo. "O que a gente vê em todos os indicadores é que há uma tendência clara de crescimento de avaliação. Cada pesquisa vai mostrando crescimento da aprovação do governo", disse.

Ele ressaltou também como um outro ponto de destaque o crescimento "muito forte" da presidente na região Nordeste, o que não era visto anteriormente. A região, conforme lembrou Fonseca, é um reduto consolidado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Isso mudou agora", considerou.

O economista salientou que a aprovação da presidente no Nordeste passou de 80% em dezembro para 85% na pesquisa atual. O porcentual é, de longe, o maior, já que nas outras regiões está em 77% em todos os casos. O porcentual geral está em 79%.

Sobre o governo da presidente, a avaliação de bom ou ótimo passou de 68% para 72% no Nordeste. As demais regiões encontram-se, de acordo com a CNI, tecnicamente empatadas, em torno de 60%. "A situação geral só não foi melhor porque Norte e Centro-Oeste houve uma inversão", disse.

A pesquisa CNI/Ibope foi realizada de 8 a 11 de março, com 2002 entrevistas em 143 municípios, apenas com pessoas que possuem título eleitoral. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais e confiança de 96%.

Tudo o que sabemos sobre:
CNI-IBOPEGOVERNO DILMANORDESTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.