Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

'Maia disse claramente que é candidato', afirma deputado do PP

Esperidião Amin (PP-SC) participou de café da manhã do presidente da Câmara e contou que Maia 'pediu voto' aos parlamentares

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2017 | 16h50

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), falou "claramente" que é candidato à reeleição, afirmou nesta quinta-feira, 12, o deputado Esperidião Amin (PP-SC), que participou de café da manhã do parlamentar fluminense com a bancada catarinense e o governador do Estado, Raimundo Colombo (PSD), em Florianópolis.

"Ele falou claramente que é candidato, disse que a questão jurídica já está superada e pediu voto. E houve quem declarasse voto", afirmou Amin ao Broadcast Político. Segundo o deputado, Maia distribuiu pareceres jurídicos que defendem a legalidade da reeleição, entre eles, do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Francisco Rezek e do professor de Direito da Universidade de São Paulo (USP) Heleno Torres.

Os pareceres foram encomendados por Maia para contrapor questionamentos de seus adversários, que entraram com ações no Supremo alegando que a Constituição proíbe reeleição de presidentes do legislativo no mesmo mandato. O deputado do DEM, por sua vez, argumenta que o veto não se aplica a presidentes de mandato tampão, como ele.

Em entrevistas à imprensa, Rodrigo Maia vem evitando anunciar oficialmente que é candidato. Sempre que perguntado, fala que ainda está articulando sua candidatura e que só pretende anunciá-la quando ela estiver "madura", ou seja, quando tiver certeza de que tem maioria dos votos para vencer. Para se reeleger, o parlamentar fluminense precisa de votos de 257 deputados.

Sugestões. Segundo Amin, participaram do café da manhã 9 dos 16 deputados integrantes da bancada do Estado. Um deles, segundo o parlamentar do PP, sugeriu que a Câmara realizasse sessões plenárias apenas durante três semanas inteiras do mês e que a quarta semana fosse liberada para que os deputados "trabalhem nas bases". Amin não revelou o nome do autor da sugestão.

Atualmente, a Câmara dos Deputados realiza normalmente sessões de votação no plenário durante todo o mês, sem semana de "folga". As sessões são realizadas nas terças-feiras, quartas-feiras e quintas-feiras. Geralmente, os deputados federais chegam à capital federal na terça-feira pela manhã e voltam para seus Estados na quinta-feira à tarde ou à noite.

Além do governador e dos parlamentares federais de Santa Catarina, Maia estava acompanhado dos deputados Heráclito Fortes (PSB-PI) e Beto Mansur (PRB-SP). A ida de Mansur mostra que o PRB, que integra o chamado Centrão - grupo de 200 deputados da base que tem dois candidatos a presidência da Casa -, também apoia a reeleição de Maia. 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    Esperidião AminRodrigo Maia

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.