Maia defende aliança, mas quer candidatura no RS

O deputado federal petista Marco Maia (RS), presidente da Câmara, disse que o PT deve ter uma estratégia nacional para as eleições municipais de 2012 e, por isso, precisa buscar alianças com os partidos da base federal. A afirmação vai de encontro com a proposta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que prega que o PT abra mão de candidatura própria para apoiar candidatos de partidos aliados mais bem colocados. "Não sou defensor de que o PT tenha de ter candidato em todas as capitais. Em algumas, o PT tem que negociar, fazer alianças no escopo do âmbito federal", disse Maia, após almoço promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) em São Paulo.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

28 de novembro de 2011 | 18h49

No entanto, quando o assunto é a capital gaúcha, o cenário para Maia é diferente. "Sou muito favorável à opinião do presidente Lula, o PT precisa ter uma estratégia de curto, médio e longo prazo", disse inicialmente. Ao ser perguntado sobre o apoio do PT ao PCdoB gaúcho, o deputado deixou claro que a tese não cabe a Porto Alegre. "O meu candidato em Porto Alegre é o deputado (estadual) Adão Villaverde (PT)", avisou Maia.

Em Porto Alegre, o ex-presidente Lula gostaria que o partido apoiasse a deputada federal Manuela D''Ávila (PCdoB), aliança que poderia convencer os comunistas a desistir da candidatura do vereador Netinho de Paula, em São Paulo, em favor do ministro da Educação, Fernando Haddad. No Rio de Janeiro, Lula já conseguiu o que queria: o apoio do PT carioca à reeleição do prefeito Eduardo Paes (PMDB).

Independentemente das perspectivas de negociação com os aliados tradicionais, Villaverde e o deputado estadual Raul Pont, presidente da sigla no Rio Grande do Sul, devem disputar as prévias em 3 de dezembro. "Pode ser que até a eleição se tenha a possibilidade de acordo (com o PCdoB), mas não é o caso agora", admitiu Maia.

Tudo o que sabemos sobre:
Marco MaiaSPeleições 2012RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.