Maia critica indicação de Palocci para relatar CPMF

O presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), criticou a indicação de Antônio Palocci (PT-SP) para relatar a emenda que prevê a prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). "Se Palocci será o relator, a oposição vai acabar tendo que convocar o caseiro para essa sessão", provocou Maia, em alusão a Francenildo Costa. Francenildo era o caseiro da mansão de Brasília freqüentada por Palocci e assessores na prefeitura de Ribeirão Preto envolvidos com supostas irregularidades investigadas pela CPI dos Bingos. Após desmentir Palocci, que negava freqüentar a casa, Francenildo teve seu sigilo bancário quebrado irregularmente pelo governo, o que acabou provocando a queda de Palocci, então Ministro da Fazenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.