Maguito deve entregar cargos, diz Vasconcelos

O governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB), recomendou ao senador Maguito Vilela (PMDB-GO), presidente interino do PMDB, que percorra "um caminho ético" antes de criticar o governo federal. "Ele deveria primeiro entregar os cargos (que detém no governo), inclusive em Goiás. Isso fica feio para o doutor Maguito", disse. De acordo com Vasconcelos, o senador deveria entregar todos os cargos "de primeiro, segundo e terceiro escalão", e assim poderia ficar à vontade para "escolher o (governador de Minas Gerais) Itamar Franco para ser o candidato (à presidência) da oposição". Somente desta forma, na avaliação do governador, seria "ético" Maguito ser oposição ao governo. "Não dá é para fazer a população de boba", disse."O governo prestou até hoje, se participa desse governo desde o inicio e de repente este governo não presta?", ironizou Vasconcelos, para quem alguns setores do PMDB passaram a fazer a mesma avaliação que a opinião pública está fazendo do governo, no momento de crise. O governador confirmou que não pretende deixar de apoiar o governo federal e, tampouco, sair do PMDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.