Magistrados são contra a aposentadoria aos 75 anos

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) emitiu um comunicado, assinado pelo seu presidente, Rodrigo Collaço, para protestar contra o aumento da idade para a aposentadoria. O deputado João Castelo (PSDB-MA) deve apresentar na próxima semana, dia 3 de maio, relatório com proposta de emenda constitucional, aumentando de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória para membros dos tribunais superiores. Os juízes alegam que com aposentadoria aos 75 anos, fica mais difícil o processo de modernização.Segundo a AMB, "com a apresentação do relatório na data marcada, não será realizado um debate democrático sobre o tema".A AMB diz ainda no comunicado que " estranha a pressa com que o assunto vem sendo tratado, uma vez que a medida é de profundo impacto na organização institucional brasileira".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.