Maggi promete reduzir carga tributária em 2º mandato

Reeleito com 65,39% dos votos válidos no primeiro turno, o governador Blairo Maggi (PPS) tomou posse nesta segunda-feira, prometendo a redução da carga tributária do Estado, considerada uma das mais altas do País. Por isso, um dos primeiros atos do governador, seria a assinatura ainda nesta segunda de dois decretos para reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadoria (ICMS) sobre a energia elétrica. O primeiro prevê eliminar de uma vez por todas do imposto sobre a demanda de energia elétrica, a não utilizada mas já contratada. No segundo ato, o governo vai estabelecer uma média de consumo/ano para os comerciantes e quem ultrapassar não "vai pagar mais". Blairo Maggi fez um discurso otimista, apesar de afirmar que "os desafios continuam". Ele prometeu também fazer um equilíbrio social do Estado, buscando uma fórmula para que "o mato-grossense sinta a presença do Estado" e que os ganhos, enfatizou ele, "não sejam absolvidos pelo próprio Estado". O governador afirmou que a busca da eficiência administrativa, o rigor na redução dos gastos públicos e a utilização dos recursos disponíveis com eficácia e transparência nortearão suas ações ao longo dos próximos quatro anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.