Maggi diz que PR espera decisão para Transportes até semana que vem

Apesar de estabelecer prazo, senador não falou em retaliação com o governo caso a indicação não se confirme

Ricardo Brito, da Agência Estado

13 de março de 2012 | 14h22

O líder do PR no Senado, Blairo Maggi (MT), afirmou nesta terça-feira, 13, que seu partido espera até "no máximo" a próxima semana a decisão do governo Dilma Rousseff de indicar um nome da legenda para o Ministério dos Transportes. Blairo disse que o PR não tem um nome para o posto, apesar de terem sido ventilados alguns cotados para o cargo - inclusive o dele próprio. Apesar de estabelecer prazo, Maggi não chegou a falar em retaliação com o governo, caso a indicação não se confirme.

"Nós esperamos o desfecho dessa novela já de oito meses. O PR colocou esse pleito para a Presidência da República de voltar aos Transportes. Até agora não temos nenhuma resposta por parte do governo e estamos aguardando para a semana que vem, no máximo, resolver este assunto", afirmou.

Para Blairo, se confirmada a escolha do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) para o cargo de líder do governo no Senado, no lugar de Romero Jucá (PMDB-RR), "será para melhor". "(Ele) tem uma sensibilidade política grande e tem uma articulação muito boa dentro do Senado. Ele se compõe com todos os grupos, todos os lados do Senado", disse.

Blairo Maggi ressaltou que a eventual troca dos líderes não acarretará qualquer "constrangimento" ao seu partido. Na eleição de 2010, Braga e o presidente do PR, Alfredo Nascimento (AM), estiveram em campos políticos opostos no Estado. "O Eduardo e o Alfredo são amigos, já fizeram política junto, são originários do mesmo bloco político no Amazonas, estiveram separados nas últimas eleições, mas isso não criou arestas que não poderiam ser resolvidas. Aliás, que já foram resolvidas", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
MaggiPRTransportes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.