Mãe de filha de Renan envia extrato bancário ao Senado

A jornalista Mônica Veloso afirma que recebia pensão de lobista da empreiteira; Renan nega versão

Rosa Costa, Agencia Estado

15 de agosto de 2007 | 12h49

O senador Renato Casagrande (PSB-ES) - um dos três relatores do primeiro processo no Conselho de Ética contra o presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), informou nesta quarta-feira, 15, que recebeu  da jornalista Mônica Veloso cópias de extratos de depósitos bancários e que os enviará à Polícia Federal para perícia.   Veja também:   Denúncias contra Renan abrem três frentes de investigação  Estou à disposição para relatoria, diz aliado de Renan Cronologia do caso Renan  Veja especial sobre o caso Renan    Veja os 30 quesitos da perícia da PF  A jornalista, com quem Renan tem uma filha de três anos, afirma que os extratos são de depósitos que ela própria fazia em sua conta sempre que recebia do lobista de empreiteira Cláudio Gontijo o pagamento da pensão à criança.    Renan afirma que fazia os depósitos diretamente na conta de Mônica, mas ela sustenta que o pagamento da pensão lhe era feito em dinheiro vivo pelo lobista, em nome de Renan.Casagrande lembrou que Mônica afirma que recebeu a maior parte dos pagamentos em um escritório na sede da empreiteira Mendes Júnior, para a qual trabalha Cláudio Gontijo, e depositava os valores em sua conta."Ela recebia em dinheiro (das mãos de Gontijo) e depositava na conta dela", disse o senador Casagrande. Ele informou que encaminhará agora os extratos à Polícia Federal, que está fazendo uma perícia em outros documentos apresentados por Renan.   Inicialmente, a divulgação dos resultados da perícia estava prevista para esta quinta-feira, mas, como houve atraso na entrega de alguns documentos, a divulgação deverá ser adiada.

Tudo o que sabemos sobre:
Caso RenanSchincariolMônica Veloso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.