Mãe de filha de Renan entrega extratos de depósitos ao Senado

O senador Renato Casagrande (PSB-ES) - um dos três relatores do primeiro processo no Conselho de Ética contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), informou nesta quarta-feira, 15, que recebeu da jornalista Mônica Veloso cópias de extratos de depósitos bancários e que os enviará à Polícia Federal para perícia.   A jornalista, com quem Renan tem uma filha de três anos, afirma que os extratos são de depósitos que ela própria fazia em sua conta sempre que recebia do lobista Cláudio Gontijo o pagamento da pensão à criança. Renan afirma que fazia os depósitos diretamente na conta de Mônica, mas ela sustenta que o pagamento da pensão lhe era feito em dinheiro vivo pelo lobista.   Casagrande lembrou que Mônica afirma que recebeu a maior parte dos pagamentos em um escritório na sede da empreiteira Mendes Júnior, para a qual trabalha Cláudio Gontijo, e depositava os valores em sua conta.   "Ela recebia em dinheiro (das mãos de Gontijo) e depositava na conta dela", disse o senador Casagrande. Ele informou que encaminhará agora os extratos à Polícia Federal, que está fazendo uma perícia em outros documentos apresentados por Calheiros. Inicialmente, a divulgação dos resultados da perícia estava prevista para quinta-feira, mas, como houve atraso na entrega de alguns documentos, a divulgação deverá ser adiada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.