Mãe adotiva de Pedrinho se nega a falar em depoimento

A mãe adotiva de Osvaldo Borges Júnior, o Pedrinho, Vilma Martins da Costa, recusou-se a prestar depoimento hoje ao delegado Hertz Andrade, em Goiânia. Segundo o advogado de Vilma ela só falará em juízo. Mas a Polícia afirmou que não há necessidade de um novo depoimento. "Dela a polícia não espera nada mesmo", disse o delegado José Reis, da Delegacia de Homicídios em Brasília, e que acompanha |Andrade em Goiânia. Vilma é acusada de ter seqüestrado Pedrinho de uma maternidade de Brasília há 16 anos. Neste momento estão prestando depoimento Jorge Borges e Cleonísia Oliveira filho e ex-mulher de Osvaldo Borges, pai adotivo de Pedrinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.