Madre Paulina será canonizada em 19 de maio

O Vaticano anunciou hoje que a canonização de Madre Paulina do Coração Agonizante de Jesus, a primeira santa brasileira, será no dia 19 de maio em Roma, na Itália. O calendário das canonizações de 2002 foi anunciado no encerramento do Consistório, reunião de cardeais presidida pelo papa João Paulo II, na qual foram confirmados todos os requisitos para que um beato se torne santo. No mesmo dia em uma cerimônia conjunta, também serão canonizados o espanhol Alonso de Orozco, os italianos Umilde de Bisignano e Bendetta Cambiagio Frasinello.A Santa Sé informou que outros beatos também serão canonizados neste ano: o fundador do Opus Dei, espanhol Josemaria Escrivá de Belaguer; o índio mexicano Juan Diego, a quem a virgem de Guadalupe apareceu em 1531, o guatemalteco de origem espanhola, Pedro de Betancur (1619-1667); e o religioso italiano Padre Pío (1887-1968).Em São Paulo, a notícia da canonização de Madre Paulina foi recebida nesta manhã pela Casa Geral da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, no Ipiranga, onde viveu a religiosa, informou a irmã Terezinha Negri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.