Macris: absolvição de Renan foi um desrespeito ao povo

O vice-líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Vanderlei Macris (SP), disse que a absolvição do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), "desmoraliza o Poder Legislativo e desrespeita a inteligência do povo brasileiro". Calheiros foi absolvido com 40 votos a favor, 35 contra e seis abstenções, no processo de quebra de decoro parlamentar.Na avaliação do deputado tucano, a absolvição de Renan Calheiros também representa "o estado de arte de impunidade no Brasil". Ainda com base no resultado do placar da sessão secreta do Senado, Macris também alfinetou o PT: "É impressionante como o partido que está no poder federal e seus aliados conseguem cooptar consciências, acima da dignidade das instituições e da credibilidade que devem ter os poderes constituídos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.