Mabel articula apoio para votação da reforma tributária

O relator da proposta de reforma tributária, Sandro Mabel (PR-GO), faz hoje uma maratona de reuniões para tentar articular um acordo em torno da votação da proposta. Polêmico, o projeto entrou na pauta da semana, mas não há nenhuma segurança de que ele será votado até amanhã. As principais votações na Câmara acontecem nas terças e nas quartas-feiras, quando há quórum maior na Casa.

DENISE MADUEÑO, Agencia Estado

16 de junho de 2009 | 12h06

O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), vai reunir os líderes partidários no começo da tarde para definir o que será possível votar nesta semana. Enquanto isso, Mabel tenta apoio para a proposta. Ele se encontrará com a bancada do PT, em seguida, com a do PCdoB, depois com a do PP, do PTB e do PSB, já no início da noite. Amanhã, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, deverá receber os líderes de partidos do governo e de oposição para discutir a reforma tributária.

Tudo o que sabemos sobre:
reforma tributária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.