MAB ocupa sede de Furnas no Rio

A Polícia Militar tenta negociar a retirada de cerca de 200 militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que ocupam desde as 11 horas desta segunda-feira a sede de Furnas Centrais Elétricas, em Botafogo, na zona sul do Rio. O movimento reivindica a revisão das indenizações e assentamentos realizados por causa de barragens de Serra da Mesa (GO) e Manso (MT). A empresa se nega a abrir negociações enquanto os manifestantes ocuparem o prédio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.