Lupi celebra aliança com PMDB-SP na chapa de Skaf

O presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou nesta sexta-feira que o apoio de sua legenda ao PMDB de Paulo Skaf, nas eleições ao governo do Estado de São Paulo, representa uma oportunidade de resgatar a imagem de seu partido. Hoje, PDT e PMDB fecharam aliança em São Paulo, com a escolha do advogado e ex-presidente da OAB José Roberto Batochio para integrar a chapa de Skaf como vice candidato.

ELIZABETH LOPES, Agência Estado

06 Junho 2014 | 20h04

Ao falar da pesquisa Datafolha, Lupi disse que no momento os eleitores estão apenas preocupados com a Copa do Mundo. "A população está preocupada apenas com a seleção brasileira, uma paixão nacional. Depois da Copa é que levaremos para a população as eleições. Apesar do desgate da classe política como um todo, não há outro caminho para a democracia que não sejam os partidos e as eleições", disse ele.

O presidente do PDT disse, ainda, que uma mulher no poder, como a presidente Dilma Rousseff, já é uma revolução numa sociedade machista como a brasileira. "Aposta que ela terá um segundo governo melhor do que o primeiro, eu assumo posições, nós do PDT vamos votar integralmente para Dilma presidente e em São Paulo em Skaf para governador."

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesSPPDTSkaf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.