Lula vai buscar votos de Itamar no PMDB

O provável candidato do PT à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que, se confirmada a saída do governador de Minas Gerais, Itamar Franco (PMDB), do páreo presidencial, o PT vai procurar conquistar os votos da ala oposicionista do PMDB. "Eu acredito que o PT deva disputar esse mercado de votos que vai se apresentar se isso (a saída de Itamar) acontecer", afirmou Lula. Para o presidente nacional do partido, José Dirceu, o PT é a legenda de esquerda que mais se aproxima do PMDB. "Nós somos o partido que mais tem proximidade com essa base. E o Lula é o candidato com mais proximidade também", disse Dirceu.O presidente nacional do PT, porém, disse que o partido vai esperar a definição da candidatura peemedebista para, então, procurar ou não o governador mineiro. Lula e Dirceu participaram, esta tarde, da coletiva que o governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra, concedeu em São Paulo. O governador gaúcho veio à capital paulista iniciar uma ofensiva nacional para se defender das denúncias de corrupção contra o seu governo. O nome de Olívio aparece envolvido em negociações com bicheiros da capital gaúcha, segundo relatório da CPI da Segurança Pública realizada no Estado. Olívio reiterou que o relatório é "irracional, inconseqüente e inconsistente". Para ele, a CPI não passa "de uma tentativa de atingir o patrimônio maior do PT, que é a ética, a transparência e o combate à corrupção".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.