Lula vai ao velório do senador Ramez Tebet

O presidente Lula prestou sua última homenagem ao senador Ramez Tebet (PMDB-MS), que morreu no início da madrugada deste sábado, de câncer, aos 70 anos. Lula esteve no velório do senador no final da tarde deste sábado, no ginásio de esportes Professora Cacilda Rocha de Três Lagoas (MS), cidade natal do político, mas não ficou para o enterro, marcado para as 18 horas locais. Tebet sofria de câncer havia 20 anos. No último dia 30, deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para passar o resto de seus dias junto da família em Campo Grande, onde morreu.No início da manhã deste sábado, o presidente Lula divulgou nota lamentando a morte de Tebet, lembrando que o senador foi "um homem que sempre soube honrar o mandato que o povo lhe confiou". No texto, o presidente lembra "seu equilíbrio, correção e a permanente busca pelo entendimento", características que fizeram dele "pessoa respeitada e querida por todos".Lula foi ao velório de Tebet acompanhado do presidente do Senado Federal Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Arthur Virgílio PSDB), Pedro Simon (PMDB - RS) e Delcídio do Amaral (PT-MS). O presidente embarcou com sua comitiva de volta para a base aérea de Brasília. Ouvido pela reportagem, o senador Calheiros disse que "a morte de Tebet era uma perda lastimável para a política brasileira".A polícia militar diz que cerca de 5 mil pessoas já passaram pelo ginásio municipal de Três Lagoas, onde está sendo realizado o velório do corpo do senador. O presidente do PMDB, Michel Temer, se mostrou muito triste e disse que a morte de Tebet "é uma perda lastimável e irreparável para a cena política".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.