Lula vai adotar nova rotina de trabalho no Planalto

Ao voltar na próxima semana do período de descanso na base do Exército no Guarujá, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai fazer mudanças no esquema de trabalho no Palácio do Planalto. Ele pretende organizar todas as segundas-feiras uma reunião com os ministros Franklin Martins (Comunicação Social) e José Múcio (Relações Institucionais), e os líderes do governo no Congresso para afinar os discursos e as ações do palácio e da base aliada. Também quer realizar, duas vezes por mês, uma reunião de caráter político com diversos ministros.As alterações na rotina de trabalho foram solicitadas pelo ministro José Múcio durante a reunião ministerial do último dia 23 de janeiro, a primeira do ano. Naquele encontro, Múcio fez um apelo aos colegas de governo para que ajudem na interlocução com o Legislativo. Lula aproveitou para cobrar de todos os ministros maior envolvimento nas negociações políticas com os parlamentares. Na avaliação do presidente, a equipe tem responsabilidade em melhorar o diálogo com o Congresso.O presidente avalia, segundo assessores, que uma maior participação dos ministros nas conversas com os parlamentares poderia, por exemplo, evitar que o Senado rejeitasse a emenda que prorrogava a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011. Todas as segundas-feiras, Lula se reúne com um grupo da coordenação política, formado por Múcio, Franklin, Dilma Rousseff (Casa Civil), Guido Mantega, Luiz Dulci (Secretaria Geral) e Paulo Bernardo (Planejamento), além do vice-presidente José Alencar. Agora, Lula quer que esse encontro seja ampliado, de 15 em 15 dias, com a presença de outros subordinados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.