Lula vai a velório de sindicalista

Pouco antes de embarcar para Nova York, onde fará discurso de abertura da 63ª Assembléia-Geral da ONU, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi ontem ao velório do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Eleno Bezerra. Abatido, Lula lembrou que estivera com o amigo um dia antes, no comício de Marta Suplicy (PT)."Quase não acreditei quando recebi a notícia", disse ele, numa alusão ao acidente de carro que matou Eleno. "É uma perda irreparável para o movimento sindical", afirmou o presidente, que nos anos 70 comandou o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. Eleno era de Caetés (PE), terra natal de Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.