Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Lula vai a evento com Haddad contra reforma trabalhista de Temer

O ato na quadra do Sindicato dos Bancários, previsto  inicialmente para ser uma prestação de contas do mandato do prefeito, vai mirar a polêmica proposta do governo do peemedebista

Ricardo Galhardo, O Estado de S. Paulo

09 de setembro de 2016 | 12h04

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou presença em um ato da campanha à reeleição do prefeito Fernando Haddad contra a reforma trabalhista proposta pelo governo Michel Temer, hoje, na quadra do Sindicato dos Bancários, em São Paulo. 

O ato, previsto  inicialmente para ser uma prestação de contas do mandato de Haddad na área do emprego e geração de renda, vai mirar na reforma trabalhista de Temer. O objetivo é pegar carona na repercussão negativa das primeiras medidas anunciadas pelo governo e tentar vincular as campanhas de João Doria (PSDB), Celso Russomanno (PRB) e principalmente da ex-petista Marta Suplicy (PMDB) às propostas. Os partidos dos três adversários de Haddad fazem parte da base de sustentação de Temer.

Conforme o Estado adiantou hoje, a campanha de Haddad vai se aproveitar da repercussão causada pelas manifestações contra Temer em São Paulo e da agenda de reformas trabalhista e da Previdência pata tentar reaver eleitores da periferia que historicamente votavam no PT e hoje se dividem entre Marta, Doria e Russomanno.

O ato, organizado por sindicalistas da Central Única dos Trfabalhadores (CT), está marcado para 18h30. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.