Lula troca MP por projeto de lei para criar ministério da Pesca

Idéia é evitar transtornos no calendário de outubro e, assim, dar andamento à discussão da reforma tributária

Tânia Monteiro, de O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2008 | 19h13

Depois de uma reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, o governo decidiu encaminhar para o Congresso uma medida revogatória retirando a Medida Provisória que criava Ministério da Pesca. Em seu lugar, o governo vai encaminhar um projeto de lei em regime de urgência tratando só dos assuntos ligados ao setor.   A decisão de retirar a MP da Pesca é um gesto de boa vontade do governo, já que o tema causou tanto mal estar no Congresso. A idéia é evitar transtornos no calendário de outubro e, assim, dar andamento à discussão da reforma tributária.   O presidente Lula decidiu também encaminhar uma Medida Provisória que trata do aumento do servidor e uma outra MP capitalizando o BNDES.   Na quarta-feira,  o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, já havia informado que, até sexta-feira, o governo encaminharia ao Congresso duas medidas provisórias reajustando o salário de 54 carreiras do funcionalismo público. Na ocasião, ele explicou que os reajustes serão escalonados em 2008, 2009 e 2010, mas não adiantou qual o reajuste médio.

Tudo o que sabemos sobre:
MP da PescaLulagovernoCongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.