Lula terá encontros bilaterais com 6 líderes no G-8

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem previstos seis encontros bilaterais ao longo da reunião de cúpula do G-8 (grupo das sete economias mais industrializadas e a Rússia), em L''aquila, na Itália, para o qual os líderes de Brasil, China, Índia, África do Sul e México (G-5) foram convidados. Hoje, Lula deve se reunir com o presidente do México, Felipe Calderón, e amanhã, com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel. Dentre encontros programados não está o com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

AE, Agencia Estado

08 de julho de 2009 | 08h39

Depois do encontro entre o G-8 e o G-5 e da reunião do Foro das Grandes Economias (G-8, G-5, Austrália, Coreia do Sul, Dinamarca, Indonésia e representantes da Organização Mundial do Comércio), amanhã, Lula deve se reunir com Taro Aso, o primeiro ministro japonês. Em seguida, ele se encontrará com o presidente da Itália, Giorgio Napolitano. Já na sexta-feira, o presidente brasileiro tem encontros marcados com os primeiros-ministros da Austrália, Kevin Rudd, e da Suécia, Fredrik Reinfeldt. Lula retorna a Brasília na sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
G-8LulaBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.