Lula tem hoje primeiro encontro com a cúpula do PMDB

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem hoje o primeiro encontro com a cúpula do PMDB desde que o partido decidiu apoiar formalmente o governo no Congresso. A reunião está marcada para às 11h30 no Palácio da Alvorada e contará com a presença do presidente do PMDB, deputado Michel Temer (SP), e dos líderes do partido na Câmara, Eunício Oliveira (CE), e no Senado, Renan Calheiros (AL), além do líder do governo no Congresso, senador Amir Lando (PMDB-RO). A intenção dos líderes do PMDB é acertar com o presidente Lula como será a participação do partido no governo e de que forma as bancadas atuarão no Congresso na votação de matérias de interesse do Palácio do Planalto. O governo tem enfrentado problemas no PDT e PL ? dois partidos de sua base ? e procura compensar na bancada peemedebista na Câmara, atualmente com 69 deputados, a perda de eventuais votos. No PMDB, o apoio também não é integral. Pelos cálculos de Eunício Oliveira, uma dissidência de dez por cento da bancada é previsível, liderada pelos deputados Moreira Franco (RJ), Eliseu Padilha (RS) e Geddel Vieira Lima (BA). O líder do PMDB tem sido cuidadoso na filiação de novos parlamentares ao partido, evitando a adesão de opositores ao governo. Foi com essa determinação que Eunício mandou um recado ao ex-governador Anthony Garotinho, afirmando que ele teria sinal verde para ingressar no PMDB, se adotasse uma posição favorável ao governo Lula.Quanto à participação do partido no ministério, os líderes peemedebistas afirmam que esse assunto já estaria acertado com o presidente. Ou seja, no momento oportuno, o PMDB será contemplado no primeiro escalão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.