Lula suspende ida a Goiânia por temer passeata

Preocupados com eventuais manifestações hostis ao partido, líderes do PT cancelaram, na quarta-feira, 19, a ida do ex-presidente Lula à festa dos 33 anos da legenda em Goiânia (GO). O discurso de Lula estava previsto para 19h. O partido foi informado de que grupos de manifestantes sairiam pela Avenida Bandeirantes, a cerca de 9 quilômetros do Centro de Convenções, onde ele falaria.

ERICH DECAT, Agência Estado

21 Junho 2013 | 08h57

Oficialmente, o ex-presidente disse que o cancelamento se devia a compromissos em São Paulo e à preparação de nova viagem à África. Procurados pelo Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, dirigentes do PT em Goiás disseram terem sido informados pelo Instituto Lula de que um dos motivos seria evitar manifestações contra o partido. Um dos líderes do PT no Estado, Donisete Pereira, lamentou o adiamento. Ainda não foi marcada a data para a festa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
LulaGoiânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.