Lula se reúne hoje com 60 prefeitos em Alagoas

Em sua primeira visita ao interior de Alagoas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser recepcionado na manhã desta terça-feira, na cidade de Arapiraca, a 157 quilômetros de Maceió, por cerca de 60 prefeitos. O governador em exercício, Luiz Abílio (PDT), também deverá estar presente. A comitiva presidencial será formada pelos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), além de representantes da bancada federal alagoana. , a exemplo do senador Teotônio Vilela Filho (PSDB/AL) e do deputado federal Rogério Teófilo (PPS/AL). O anfitrião é prefeito Luciano Barbosa (PMDB), que foi ministro da Integração Nacional na parte final do governo Fernando Henrique Cardoso. Em Arapiraca, Lula participará da solenidade de lançamento da pedra fundamental do campus avançado da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Em seguida, visitará a área onde está sendo construído o campus, na zona rural do município. A interiorização da Ufal faz parte do programa Expandir que investirá em 68 municípios do País cerca de R$ 600 milhões até 2007. A visita a Arapiraca faz parte de uma verdadeira maratona que Lula irá percorrer pelo Nordeste. Em dois dias, o presidente irá a cinco cidades para inaugurar e anunciar obras, mas ficará cerca de três horas em cada município. Antes de chegar em Arapiraca, Lula passará por Petrolina, município do Sertão pernambucano, para dar início às obras do campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). De Arapiraca, o presidente segue para Recife, onde inaugura o Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre. Na quarta-feira, Lula amanhece o dia em Paranaíba (PI), onde visita obras do campus da Universidade Federal do Piauí (UFPI). À tarde, o presidente desembarca em Imperatriz (MA), onde dará início às obras do campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A agenda presidencial se encerra com uma viagem a Marabá (PA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.