Lula se reúne com a cúpula da CNBB em Itaici (SP)

A criação de empregos, o aumento progressivo do salário mínimo, a reforma agrária e o combate à fome estão entre os principais temas que serão abordados esta noite na reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o episcopado brasileiro. Lula chegou ao mosteiro São Jerônimo, em Itaici, município de Indaiatuba, no interior paulista, para participar da 41ª Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). É a primeira vez que um presidente da República participa da reunião da CNBB. O presidente está acompanhado dos ministros José Dirceu (Casa Civil), Luiz Gushiken (Secretaria de Comunicação), Luiz Dulci (secretaria geral da Presidência), José Graziano (Segurança Alimentar e Combate à Fome) e Cristovan Buarque (Educação) e também do assessor especial da Presidência, Frei Betto. A comitiva participará de um jantar oferecido pelos bispos, cardeais e padres, entre eles o presidente da CNBB, d. Jayme Chemello, do núncio apostólico, d. Lorenzo Baldiseri e do secretário geral da CNBB, d. Raymundo Damasceno. Em seguida, haverá um encontro reservado de Lula com a cúpula da CNBB, ao qual a imprensa não terá acesso, a não ser para o registro de imagens. Ao chegar a Itaici, Lula foi recepcionado pela direção da CNBB e também recebeu uma homenagem de um poeta da cidade de Americana, que estava presente em meio a populares. O presidente quebrou o protocolo e andou em direção ao poeta J. de Oliveira, que leu para o presidente um texto de sua autoria, escrito logo depois da primeira eleição presidencial disputada por Lula, em 1989.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.