Lula se manifesta em solidariedade ao governador do Ceará

MP do Ceará instaurou inquérito para apurar se Cid Gomes cometeu improbidade administrativa

Agência Brasil

30 de abril de 2008 | 21h03

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou solidariedade ao governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), ao discursar nesta quarta-feira, 30, durante o VII Fórum dos Governadores do Nordeste, em Maceió. O Ministério Público do Ceará instaurou inquérito para apurar se Cid Gomes cometeu improbidade administrativa ao levar à Europa, em um jato fretado, três pessoas que não estavam em viagem oficial, entre elas a sua sogra. "A gente não pode permitir que um companheiro da qualidade do Cid seja mostrado a nível nacional apenas porque atendeu a um pedido da mulher para levar sua mãe. Sei o que é isso e você tem a minha solidariedade", disse o presidente. Lula afirmou que não entra no mérito de julgar se é certo ou errado o fato de levar a sogra na viagem, mas lembrou que um jato é fretado por quilometragem e não por pessoa. "Se, em vez de sua sogra, você tivesse levado um empresário, não teria tido problema", disse. O presidente afirmou que conhece o trabalho de Cid Gomes no Ceará e que as coisas boas feitas pelo governador não aparecem na mídia. "Isso não contribui para a política porque, na hora em que as pessoas começam denegrir a imagem do político, o que vem depois não é sadio", disse Lula.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaCid GomesCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.