Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lula revive clima de campanha em Portugal

Para desfazer a imagem de que se afastou do povo depois de eleito, registrada pelos jornais portugueses, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez hoje uma caminhada em Cascais, a 24 quilômetros de Lisboa, como se estivesse em plena campanha eleitoral. Levou 40 minutos para percorrer apenas uma rua, a estreita Frederico Arouca (antiga Direita), por causa do assédio de portugueses e brasileiros, antes de partir para Londres.Lula estava acompanhado da primeira-dama Marisa Letícia, do presidente de Portugal, Jorge Sampaio, e do primeiro-ministro Durão Barroso, com quem almoçou. Posou para fotos e deu muitos autógrafos. Até Durão Barroso tirou foto de Lula abraçando pessoas. "Com a nova legislação do trabalho, a gente tem de estar adaptado para qualquer função", brincou o primeiro-ministro.A paraibana Mari de Souza Araújo chorou muito no ombro de Lula. "Quero voltar para o Brasil, presidente! Tenho muita saudade." Professora , Mari está há 3 anos em Portugal e não consegue arrumar emprego. "Não perca a esperança", disse Lula a Mari.Às 13h10, quando saía do elegante Hotel Ritz, onde estava hospedado, para se dirigir a Cascais, Lula foi cercado por cerca de 50 brasileiros, muitos deles enrolados na bandeira do Brasil. Ali, o presidente recebeu até uma réplica da taça da Copa do mundo. "Cada vez que venho a Portugal parece que estou em minha casa, em São Bernardo do Campo", comparou.

Agencia Estado,

12 de julho de 2003 | 14h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.