Lula revela ter ficado magoado com Luciana e Fontes

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou extremamente magoado com a atitude dos deputados João Fontes (PT-SE) e Luciana Genro (PT-RS), que divulgaram uma fita de vídeo com um discurso seu feito em 1987, atacando mudanças na Previdência e chamando indiretamente o então presidente da República José Sarney de "ladrão". O desabafo de Lula foi feito hoje de manhã, momentos antes de embarcar para o Peru, ao presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP). No encontro, Lula contou que, na próxima semana, pretende ter uma conversa "franca" com os deputados do PT sobre a decisão da bancada de afastar os dois deputados petistas. "Qualquer um de nós ficaria magoado com o que eles fizeram", disse Greenhalgh. Amigo de longa data de Lula, o deputado ponderou que a conduta de João Fontes e de Luciana Genro acaba enfraquecendo o PT e levando "à destruição do partido". "Eles partiram para denegrir a imagem do presidente da República. E ao fazerem isso desrespeitaram a bancada do PT e ofenderam a pessoa do presidente. Esse episódio não foi um delito de opinião: é uma ação sucessiva de atos de destruição do PT", afirmou o deputado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.