Lula reúne-se com Benedita da Silva em hotel no Rio

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está reunido, na tarde desta quarta-feira, com a deputada federal petista Benedita da Silva, ex-senadora e ex-governadora do Rio, em um hotel da zona sul do Rio.

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

27 de fevereiro de 2013 | 16h40

Lula chegou ao Rio no meio da tarde e às 18h participará da abertura do Encontro Nacional do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan). Está previsto para a noite um jantar dele com o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes, ambos do PMDB.

Lula chega ao Rio em meio a uma crise entre o PMDB e o PT estaduais. Na última segunda-feira (25), o PMDB-RJ divulgou nota em que exige que o senador petista Lindberg Farias abra mão de sua pré-candidatura ao governo do Estado em 2014. Os peemedebistas fluminenses ameaçam não apoiar a reeleição da presidente petista Dilma Rousseff se o PT estadual não fizer parte da aliança para eleger o atual vice-governador Luiz Fernando Pezão.

Benedita da Silva defendeu a candidatura de Lindberg e disse que não acredita que o ex-presidente Lula pretenda fazer um apelo para que o petista desista da pré-candidatura. "Em nenhum momento o presidente Lula foi acionado para tal. Ele está acompanhando o processo no Rio, ele sabe todo o esforço que o PT vem fazendo há muito tempo. O Lula não atropela o PT", afirmou a deputada ao chegar para o encontro com o ex-presidente.

Benedita lembrou que em 2010 Lindberg já abriu mão da candidatura e apoiou a reeleição de Cabral. "A gente tem que considerar o que aconteceu no passado. Naquela época (2010), eu fiquei no prejuízo, porque seria eu a candidata do PT ao Senado, mas o partido abraçou a candidatura de Lindberg. Nada mais justo do ponto de vista político (que o PT tenha candidato próprio), nesse momento em que o PT tem consenso e está unido não só em torno de um nome, mas de um projeto. O PMDB quer lançar o maior número possível de candidatos ao governo no ano que vem, e não somos nós que vamos dizer que não", afirmou a deputada.

Benedita levou o pai João Modesto Elias, o Dadá, de 105 anos, para o encontro com Lula.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaRioBenedita da Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.