Lula ressalta importância da cooperação Sul-Sul

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ressaltou nesta quarta-feira, 13, que a reunião de cúpula do Fórum Ibas (Índia, Brasil e África do Sul) será um marco histórico e terá impacto relevante na construção da Cooperação Sul-Sul - uma das peças fundamentais da sua política externa, que privilegiou as relações com os países em desenvolvimento. "A Cooperação Sul-Sul veio para ficar, para se fortalecer e construir uma definitiva relação do Brasil com a Índia e a África do Sul", afirmou, no encontro com o presidente da África do Sul o primeiro-ministro da Índia, e empresários de seus países.O presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, sugeriu que o Fórum Ibas se atenha a uma cooperação "real e prática", voltada para o crescimento econômico, o desenvolvimento, o aumento do investimento e o combate à pobreza - um mal concentrado justamente nos países do "Sul". Destacou ainda a necessidade de eliminação das barreiras entre os três países na cooperação e no comércio.O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, focou sua exposição inicial nas vantagens da cooperação entre os três países na área de segurança energética, justamente porque atuam em setores alternativos ao petróleo - o Brasil, com o etanol e biodiesel, a África do Sul, com o gás, e a Índia, com a energia solar.Igualmente destacou o potencial de "sinergia" no comércio de bens e serviços, no desenvolvimento tecnológico e nos investimentos. "Os três países tiveram um excelente comércio nos últimos anos, e devemos persistir com a nossa meta de alcançar US$ 10 bilhões no comércio trilateral até 2010", afirmou, referindo-se a um cenário que foi traçado há dois anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.