Lula: reforma tributária 'depende agora do Congresso'

O governo quer ver a reforma tributária aprovada ainda este ano, segundo afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso no Fórum Nacional, realizado na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Lula afirmou que "depende agora do Congresso" essa aprovação. Ele citou mudanças legislativas já feitas por iniciativa do governo anteriormente e disse confiar nos parlamentares para completar outras alterações. Ele usou como exemplo o projeto que altera a Lei de Licitações e o sistema de defesa da concorrência. De acordo com Lula, atualmente no Brasil "a regra do jogo não muda de uma hora para outra". O presidente disse ainda que quem perdeu com o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), derrubada pela oposição no fim do ano passado, "foi o PAC da Saúde". Lula disse não ter visto redução de preço de nenhum produto com o fim do tributo. "Parece que não repassaram", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.