Lula recebe homenagem no Senado

Em cerimônia que teve direito ao hino nacional na voz da cantora Fafá de Belém, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi homenageado na manhã desta terça-feira, 29, pelo Senado. Ele recebeu a Medalha Ulysses Guimarães, para homenagear os 25 anos da Constituição Federal.

DAIENE CARDOSO E RICARDO BRITO, Agência Estado

29 Outubro 2013 | 13h37

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que também recebeu a homenagem, lembrou em seu discurso que dispositivos da Constituição ainda precisam ser regulamentados mesmo após 25 anos da promulgação da Carta Magna. Entre os dispositivos, ele citou a regulamentação do direito de greve do servidor público e a autonomia para o Banco Central fixar mandatos para seus diretores.

O peemedebista também fez uma deferência especial aos ex-presidentes José Sarney, Fernando Henrique Cardoso e Lula, esse último por sua "aguda sensibilidade social". O ex-presidente e hoje senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) também seria homenageado, mas não compareceu. FHC, que seria agraciado com a medalha, cancelou sua ida ao evento. Segundo Renan, FHC teve uma diverticulite.

Também receberam a homenagem os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Alvaro Dias (PSDB-PR), José Agripino (DEM-RN), Francisco Dornelles (PP-RJ), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Luiz Henrique (PMDB-SC) e Paulo Paim (PT-RS), o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o ministro de Minas e Energia Edson Lobão e o ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, que colaboraram na elaboração da nova Constituição.

Mais conteúdo sobre:
LulaCongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.