Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Lula recebe alta após ser internado com bacteremia

Ex-presidente havia sido hospitalizado no sábado; segundo boletim médico, petista encontra-se 'clinicamente estável'

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2021 | 21h12

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu alta nesta terça-feira, 9, após ter sido internado, sábado, 6, com um quadro de bacteremia – quando há bactérias no sangue, uma espécie de infecção na corrente sanguínea.

A informação foi confirmada pelo perfil oficial do petista no Twitter e pelo Hospital Sírio-Libanês, que o tratou. Segundo boletim médico divulgado nesta terça, Lula foi medicado com antibióticos por via venosa e encontra-se “clinicamente estável”. “Ele foi acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho”, afirmou o boletim médico.

Em janeiro, o presidente havia informado que contraiu covid-19 ao viajar para Cuba, em dezembro, onde participou de um documentário sobre a América Latina dirigido pelo cineasta americano Oliver Stone. Ele cumpriu a quarentena e foi tratado no país. De acordo com o seu perfil no Twitter, o ex-presidente não precisou ser internado, mas sua tomografia detectou lesões pulmonares compatíveis com broncopneumonia associada ao coronavírus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.