JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Lula rebate Aécio: 'Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma'

Ex-presidente comentou o discurso feito pelo senador tucano sobre os '13 erros do PT'

Beatriz Bulla, Gustavo Porto e Daiene Cardoso, da Agência Estado

20 de fevereiro de 2013 | 21h41

O Partido dos Trabalhadores (PT) vai dar como resposta aos seus opositores a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. A declaração foi feita na noite desta quarta-feira, 20, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele mencionou um discurso feito mais cedo pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Senado sobre "os 13 erros do PT". "Um dos possíveis adversários nossos em 2014 fez um discurso tentando mostrar os 13 erros do PT. É uma coisa muito interessante, porque vai permitir que nossos senadores sintam prazer de ser senadores debatendo com eles (da oposição)", afirmou Lula.

"Eu não vou responder a eles, eles podem se preparar. Eles podem juntar quem eles quiserem, porque se eles têm dúvidas, nós vamos dar como resposta a eles a reeleição de Dilma em 2014", declarou Lula, que foi muito aplaudido pela plateia em um hotel em São Paulo no encerramento de seu discurso de comemoração de 10 anos do PT no governo federal.

Lula afirmou ainda que o PT amadureceu nestes 10 anos de governo e manteve uma base aliada "com gente até que a gente não gosta". "Mas eu não estou convidando ninguém pra casar", brincou o ex-presidente. "Essa sabedoria nós aprendemos nesse 10 anos. De fazer com que o PT conviva democraticamente na diversidade."

Sobre as criticas do PSDB, Lula comentou: "Eles estão inquietos, porque percebem que estão sem valores, sem discurso e sem propostas. Porque toda e qualquer coisa que eles pensaram em fazer, nós fizemos mais e melhor", acrescentou.

Lula citou ainda a dificuldade de fazer acordos com o governo tucano em São Paulo, mas lembrou da parceria que o governo federal fez com o Estado no momento de crise de segurança pública. "Esses 10 anos de ensinamento podem permitir que a gente tenha consagrado definitivamente um novo jeito de fazer política neste país: democrático e respeitoso."

Tudo o que sabemos sobre:
PTcomemoraçãoLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.