Lula reafirma intenção de lançar foguete até fim do mandato

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou hoje que pretende lançar um quarto protótipo do Veículo Lançador de Satélites (VLS) até o fim de seu mandato. Lula fez a declaração durante a cerimônia de instalação do novo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, no Palácio do Planalto."Temos os compromisso de prosseguir no desenvolvimento do nosso programa espacial", disse Lula diante de dezenas de pesquisadores. "Faremos isso para o futuro do nosso País, mas também para homenagear a memória dos 21 pesquisadores e técnicos que deram a vida para o desenvolvimento da tecnologia espacial brasileira", disse Lula numa referência ao acidente na base de Alcântara em que um acidente com o VLS-1 matou homens da equipe técnica.Mais recursos para pesquisaLula também prometeu dobrar os investimentos em pesquisa no Brasil. "Para os próximos anos, a meta é dobrar investimentos no setor, tanto público quanto privado, até alcançar 2% do PIB", disse o presidente. Ele lembrou que havia prometido mais recursos para o setor à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em todas as quatro vezes em que concorreu à Presdiência da república. Além da dobra dos recursos para pesquisa, o presidente fez outra promessa: aumentar de seis mil para dez mil o número de doutores em atividade nas instituições científicas e universidades. Na avaliação dele, o País faz pesquisa de ponta em alguns setores, citando a tecnologia desenvolvida pela Petrobras e as técnicas da Embrapa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.