Lula quer reunir os governadores em fevereiro, diz Tarso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai reunir todos os governadores do País em fevereiro na capital federal para discutir projetos para cada região, segundo o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro. Ele destacou a importância desse tipo de encontro e citou como exemplo reunião realizada nesta semana no Rio pelos governadores do Sudeste com o objetivo de reivindicar recursos para a segurança pública. "As reuniões regionais têm sido importantes, pois fazem uma pauta especifica que nos ajuda a definir prioridades". Os governadores do Sudeste elaboraram uma carta ao presidente Lula contendo uma lista de pedidos para o combate à violência nos Estados. O documento já foi encaminhado aos ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos; de Relações Institucionais, Tarso Genro; e da Casa Civil, Dilma Rousseff, envolvidos com a questão.A carta, assinada pelos governadores do Rio, Sérgio Cabral; Espírito Santo, Paulo Hartung; São Paulo, José Serra; e Minas Gerais, Aécio Neves, foi escrita depois de se reunirem para implantar o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança da Região Sudeste. O gabinete, que contará com a participação de autoridades da área de segurança dos quatro estados, tem como objetivo intensificar o combate ao tráfico de drogas e de armas, além de outros crimes como lavagem de dinheiro e roubo de cargas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.