Lula quer militância em SP para ajudar Haddad

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez na noite deste sábado (15) em comício no Capão Redondo um apelo à militância do PT para ajudar na eleição de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo.

EQUIPE AE, Agência Estado

15 de setembro de 2012 | 19h21

Segundo Lula, o partido tem um eleitor extra, que é a sua militância, mas que tem sentido sua falta nessa eleição. "Nesses dias, fiquei um pouco preocupado. Saí do Incor e vim andando pela (avenida) Paulista e não vi um partido político ou um candidato entregando papel ou agitando bandeira. Não podemos pensar que a televisão vai resolver tudo", disse Lula, se dirigindo a Haddad.

Lula voltou a pedir um comportamento da militância nos moldes antigos, de bater nas casas das pessoas, nos bares, "em cada igreja e em cada porta de fábrica". O ex-presidente repetiu ainda a fala de um comício realizado também neste sábado em Feira de Santana (BA). "Eu faço aniversário em dois dias, dia 6 e dia 27 de outubro. Eu queria que vocês me dessem um presente, colocando o 13 na urna eletrônica".

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012SPHaddad

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.