Lula quer criar ´sintonia´ entre servidores dos Três Poderes

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a intenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao criar um grupo de trabalho para propor um plano de cargos e salários comum aos servidores dos Três Poderes é a de criar uma "sintonia" no funcionalismo do Executivo, do Legislativo e do Judiciário. "Há uma distorção nos planos de carreira. Existem situações díspares. Então, queremos fazer um trabalho de sintonia, de modo que o funcionalismo público como um todo tenha menos diferenças entre os Poderes, que todos tenham planos de carreiras em que o funcionário seja estimulado a produzir e que não haja distorções entre os Poderes", afirmou Mantega.O assunto foi discutido em reunião hoje, no Palácio do Planalto, entre o presidente Luiz Inácio Lula a Silva, os presidentes da Câmara, Aldo Rebelo, e do Senado, Renan Calheiros, e a presidente do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, e os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.